sábado, 9 de outubro de 2010

Monalisa

Vejo seu sorriso, e estremeço...
Um aceno, e toda minha malandragem se perde...
Admiro à distância, como se observasse uma bela obra exposta no Louvre...

Seu olhar tem algo que não sei explicar, e toda vez que me perco nele, encontro respostas que logo se confundem com novas perguntas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário